CPERS lança campanha de doação para ajudar educadores em dificuldades financeiras


  • 24 de jan

Cinco anos de salários congelados e parcelados, sofrimento psíquico, contas no vermelho, sem dinheiro para ir trabalhar e escolhendo entre comer e pagar as contas. Essa é a realidade de quem trabalha no chão da escola pública e de muitos que já se aposentaram após trabalhar uma vida inteira pelo Rio Grande do Sul.

Não bastasse o descaso e a humilhação, o governador Eduardo Leite (PSDB) puniu grevistas que lutaram por seus direitos cortando o salário de mais de 20 mil trabalhadores(as).

Apesar de anunciar o pagamento em folha suplementar, o governador pretende descontar o salário no contracheque ao longo de seis meses.

Desde o último reajuste, o poder de compra dos educadores(as) gaúchos foi reduzido em mais de 1/3, corroído pela inflação. Para agravar o quadro, quem está endividado no Banrisul foi proibido de sacar o próprio 13º salário em dezembro.

Por fim, o governador e sua base aliada aprovaram, no final de 2019, o confisco de dinheiro dos aposentados(as) que têm os menores salários do Estado.

A situação é dramática e, todos os dias, educadores(as) adoecidos e em situação de miserabilidade batem às portas do Sindicato procurando por auxílio.

Buscando formas de amenizar o sofrimento dos trabalhadores(as) em educação, o CPERS lança a Rede de Apoio aos Educadores do Rio Grande do Sul. Trata-se de uma campanha para arrecadar cestas básicas e recursos para adquirir alimentos, a serem doados a quem necessita.

O objetivo é conectar quem pode ajudar com quem precisa de ajuda. Doadores que desejarem ser identificados serão listados em uma página de agradecimento, assim como a prestação de contas dos alimentos e recursos arrecadados.

COMO FUNCIONA

1. Se você pode ajudar ou precisa de ajuda, comece preenchendo o formulário no fim desta página

2. Para solicitar cestas básicas, é necessário ser sócio(a) do CPERS e não ter conseguido sacar o 13º e/ou ter sofrido corte de ponto em razão da greve

3. Cestas básicas podem ser entregues diretamente nos 42 núcleos do CPERS (clique aqui e confira as cidades e endereços) ou na sede do Sindicato na capital (Av. Alberto Bins, 480)

4. As doações em dinheiro podem ser depositadas na seguinte conta, criada exclusivamente para este fim: Ag: 0100 / Conta: 064241800-7 / CNPJ: 92.908.144/0001-69

5. Os educadores(as) que necessitam de auxílio serão contatados pelo CPERS quando da disponibilidade de cestas básicas para combinar a retirada.
 

Clique aqui para participar da campanha

 

Fonte: CPERS Sindicato

http://cutrs.org.br/cpers-lanca-campanha-de-doacao-para-ajudar-educadores-em-dificuldades-financeiras/